Quater dá dicas do quê procurar na 61º Feira do Livro de Porto Alegre

Pra quem vive o dia a dia nas rotinas do digital, é muito legal ver que Porto Alegre tem um evento que é a celebração do livro. Sim, aquele mesmo, em papel, páginas e mais páginas e que, além de boas histórias, ainda vem com o famoso e irresistível “cheiro de livro novo”. Não vamos falar de leitura em tablets, e-books, prós e contras.

 

A equipe da Quater celebra a 61º Feira do Livro com todos os porto-alegrenses, dando um empurraozinho #leiamaisPOA, como incentivo para você ir até a Praça da Alfândega, no Centro, entre os dias 30 de outubro e 15 de novembro e mergulhar também nesse evento que é a celebração da leitura, de conhecimento e da imaginação. Aproveite também e compartilhe suas leituras preferidas! #leiamaispoa

 

Dica do Marcos

 

tufas

 

“Este livro foi uma ótima indicação que recebi, e por isso achei interessante passar a indicação adiante. Ela fala sobre como o humor é algo essencial no dia a dia, tanto de nossas vidas pessoais, como do nosso trabalho. Este livro ajuda comunicadores e demais pessoas que trabalham com o público a como diverti-lo, envolvê-lo e devolver para o mesmo algum tipo de conteúdo relevante para seu cotidiano. Foi escrito por tantos mestres da publicidade, do humor e do entretenimento, que se eu fosse dar alguns exemplos dos melhores, falaria todas as 17 assinaturas que contém nele. É um livro ótimo de se ler, principalmente por gerar um fácil envolvimento com o leitor e te envolver do começo ao fim. Enfim, uma leitura que mistura o obrigatório com o divertido, vale a pena! Aproveite e garimpe na Feira do Livro de Porto Alegre! ;)” #FeiradoLivroPOA #LeiaMaisPOA

 

 

Dica da Isa

 

fotoIsa

 

“A Sangue Frio me marcou por ter sido o primeiro livro indicado na Faculdade de Jornalismo! Com o objetivo de fazer uma reportagem sobre o cruel assassinato do casal Clutter e seus dois filhos, Truman Capote marcou pelo gênero literário “romance de não-ficção”. Depois de passar seis meses apurando cada detalhe, Capote fez o livro sem utilizar gravador ou bloco de notas! Usou apenas a memória! 🙂 Interessante, não? Vale a leitura! Aproveite e garimpe na Feira do Livro de Porto Alegre!” #FeiradoLivroPOA #LeiaMaisPOA

 

 

Dica do Aita

 

fotoAita

 

Eu trouxe a biografia do Steve Jobs, que já lí duas vezes. A primeira vez foi para um trabalho da faculdade, e desde então sempre recomento este livro. O fundador da Apple é um daquelas pessoas que ficam para a história, pois fugia do óbvio e colocava um novo jeito de ver e fazer as coisas. Além de contar a história de vida dele, a biografia mostra a criatividade e perfeição das idéias de Steve Jobs. A dica é essa! Aproveite e garimpe na Feira do Livro de Porto Alegre!” #FeiradoLivroPOA #LeiaMaisPOA

 

 

Dica do Juliano

 

fotoXiler

 

“Regime totalitário, com vigilância extrema do ‘Big Brother’e supostas guerras contra inimigos inventados. Esse é o cenário de Oceânia, um dos blocos econômicos imaginados na obra de distopia de George Orwell. “1984” é considerado o romance definitivo do século XX. Apesar de ter sido escrito no fim dos anos 40, o levante do personagem principal, Winston Smith, nadando contra a maré permanece contemporâneo. Aproveite e garimpe na Feira do Livro de Porto Alegre!” #FeiradoLivroPOA #LeiaMaisPOA

 

 

Dica do Gustavo

 

fotoMusta

 

“Eu não poderia indicar outro livro senão do meu autor favorito: Frederick Forsyth. Ao que me consta, ele escreveu 18 livros desde “O Dia do Chacal”, seu primeiro grande sucesso. Me considero super fã deste jornalista inglês que possui um estilo único de escrever thrillers de espionagem e política internacional. Meu primeiro Forsyth foi “O Manipulador”, indicação do meu tio Rogério, outro grande fã. Desde então tenho 15 livros dele na minha estante.

 

O mais impressionante dos livros do Forsyth é a riqueza de detalhes sobre o funcionamento das agências de espionagem como as americanas CIA, FBI, NSA, os russos da KGB, os britânicos do MI5 e SIS, além dos israelenses do Mossad. Recentemente tudo fez sentido ao descobrirem que Forsyth era informante do serviço secreto inglês enquanto trabalhava como jornalista, na África.

 

Na foto estou indicando seu último livro, chamado “A Lista” e publicado em 2014. As agências de inteligência americanas possuem uma lista com o nome dos terroristas mais procurados do mundo e que devem ser eliminados de qualquer forma. Começa então a caçada para capturar o “Pregador”, um terrorista que prega seu ódio pela Internet, fazendo com que seus fiéis religiosos cometam diversos crimes contra os EUA. Somente uma pessoa poderia detê-lo. O Rastreador (Forsyth mantém diversos personagens ao longo dos livros) monta um quebra-cabeças com diversas pistas e vai atrás do Pregador. Não tem como parar de ler! O lado ruim de ter lido 15 livros do Forsyth? É que me restam apenas três para completas toda a sua obra!!! Aproveite e garimpe na Feira do Livro de Porto Alegre!” #FeiradoLivroPOA #LeiaMaisPOA